ODONTOLOGIA

O tratamento oncológico (quimioterapia e radioterapia) podem desencadear alguns sintomas que, quando não tratados, prejudicam a saúde da boca. Os efeitos colaterais mais comuns são a mucosite oral (inflamação da mucosa com feridas) e infecções oportunistas (que se manifestam quando há uma queda na resistência ou baixa imunológica). Por isso, os cuidados com a higiene bucal durante o tratamento da doença devem ser ainda mais rigorosos.

Realizando avaliação da cavidade oral antes de iniciar o tratamento oncológico com o objetivo principal de avaliar a presença de focos de infecção local e estabelecer o risco de alterações conforme o protocolo de tratamento proposto pela equipe médica. E, se necessário, a laserterapia, que o é o laser em baixa intensidade para prevenir e tratar da mucosite oral que deve ser feita preventivamente antes de iniciar o tratamento oncológico e durante o tratamento para evitar dor, desconforto e sangramento conforme orientação do dentista.

Cristina Carvalho Neuenschwander

CRISTINA CARVALHO NEUENSCHWANDER

Fernanda Fonseca

FERNANDA FONSECA

Keyller Brandão Andrade

KEYLLER BRANDÃO ANDRADE